maio 9, 2011

Link Ilfirin

por linkilfirim

* Você precisa falar alguma coisa!*

A que saco… Certo meu nome é Link Ilfirin eu tenho 17 anos… Sou um elfo de uma família poderosa, que a anos trabalha como “guardiões” da princesa elfica, eu tenho um irmão gêmeo mas por ser o mais velho (alguns minutos fazem diferença) o trabalho de ser o guardião ficou comigo, a alguns anos meus pais morreram em um ataque ao castelo da família real, e nesse dia eu deixei de ser um elfo puro e ganhei uma mão de demônio, meu irmão também teve uma mão retirada e em troca ficou com uma de demônio nesse dia ele fugiu e eu nunca mais o vi.

Como sou um elfo minha aparência é simples sou alto, tenho longos cabelos loiros, e olhos claros em um tom de azul esverdeado, porem não sou amigável, nem sociável, muito menos amável, detesto pessoas principalmente o conselho elfico, que me jogou em uma escola no fim do mundo por que eu sou “Potencialmente Perigoso“. Só por ter atacado um dos sacerdotes elficos que me ofendeu, por isso vou para uma escola para aprender a me comportar, e como castigo fui colocado como protetor de uma vampira da tal escola.

Também mencionaram algo sobre um grupo de combate mas isso não me interessou muito por isso não prestei atenção… Bom já to cansado de falar então isso deve ser tudo que vocês precisam saber sobre mim, por isso espero que ninguém mais vá me procurar!

maio 5, 2011

Angelique D Lebrun

por ananaira

Eu sou bem mais direta do que a minha irmãzinha Anne. Sim sou uma vampira, sim faço parte da lendária linhagem dos sangue puros, sim quebro a cara de quem mexer com meus irmãos, não, não vou falar da minha vida pessoal com vocês. É! NAO TO NEM AI!

*escuta alguém falando la no fundo*

Ah? Ah ta bem… Acho que tenho que ser mais simpática… Isso não é comigo é com a Anne!Mas ta legal vou tentar de novo, RAM RAM.

Chamo-me Angelique Drown Lebrun, sou a Irma mais velha de três irmãos de vampiros sangue puros, eu a Anne e o Kaname, mas  a Anne já falou isso. Tenho 17 anos e não sou sociável.

Logo mais nos seremos enviadas pra estudar em uma escola pra criaturas místicas, a Anne esta muito excitada em conhecer pessoas novas, nós estivemos vivendo no castelo dês de sempre e nunca quis deixar ela sair de casa… É sou super protetora com meus irmãos… Eles são tudo o que tenho…

*passa a mão no rosto e volta a fazer a cara furiosa*

O que vocês querem que eu fale hein? Não estou feliz de ter que sair daqui e deixar o kaname com os instrutores, por mim enfiava ele na mala e levava junto, por mim a gente nem saia daqui! Mas tem anos que meu reino (sim sou rainha) esta sendo governado pelo regente até que eu seja julgada competente para governar. Pra piorar o regente tem uma filha, Cerys, que acha que vai assumir o reino depois do pai. Vou matar essa vampirinha sangue ruim. UNF. O que eu estava dizendo? Ah é, tenho que ir para essa escola e mostrar pro conselho que sou capaz de me comportar em meio a outros seres, e que posso governar o país. Pra dizer a verdade, o conselho não vai com a minha cara dês de que dei um soco na cara do ancião. Não sei qual é o problema. Mas de qualquer forma, nunca é ruim ser treinada, alem do mais, depois que eu for bem nessa porcaria de escola, nada mais vai me impedir de assumir o que é meu.

*risada medonha*

MUAHAHAHAHAHAHAHA ram-ram, é isso ai, cansei de vocês.

maio 5, 2011

Anne D Lebrun

por AnnLebrun

Olha, eu não sei o direito o que escrever aqui mas como eu tenho que escrever vou falar qualquer coisa que me vier a mente.

Meu nome é Anne Drown Lebrun, mas prefiro que me chame apenas de Anne ou Ann. Tenho 16 anos e sou extremamente baixa para minha idade, a não ser que você ache que 1,55 é uma altura boa para uma adolescente de 16 anos.

Eu, awn, sou muito timida. Travo na frente das pessoas, especialmente garotos, e minhas bochechas vivem coradas. Me irrito fácil, tão fácil quando minha irmã Angelique.

Ah sim, eu tenho uma irmã e um irmão. Angelique Drown Lebrun e Kaname Drown Lebrun, ambos são vampiros sangue-puros que nem eu.

Eu não tinha falado que era uma vampira não é?

VIU, eu me atrapalho com essas coisas.

*Esconde o rosto com as mãos e começa a choramingar* 

– ONEE-CHAN